Matrícula UFPA 2020 – Sobre o processo, documentos e mais!

Estudar, cursar uma graduação e se formar: um sonho de vários brasileiros que acreditam que a educação é a melhor forma de mudar de vida, crescer financeiramente e se tornar esclarecido dentro de algumas áreas. O Brasil, por mais difícil que seja, tem um programa que torna obrigatória a educação para crianças e a adolescentes em todo o país.

Assim, ao se formarem no ensino médio alguns deles buscam por universidades federais para continuarem trilhando seus caminhos.

Se você fez o vestibular para a Universidade Federal do Pará e foi aprovado para o ano de 2020, no texto abaixo você aprende como se matricular nesta instituição!

Matrícula UFPA 2020

ufpa

Se você foi aprovado no vestibular e aceito na Universidade Federal do Pará, meus parabéns! Agora que o mais difícil já foi, você precisa apenas seguir alguns passos e levar documentos para confirmar o seu ingresso na universidade.

Como calouro (a), você precisa em primeiro momento comparecer no dia e horário indicados para o seu curso, conforme descrito nos editais.

O calouro do Sisu poderá tirar dúvidas no edital do vestibular, presente na sessão de inscrição para o vestibular.

Documentos necessários

Os documentos necessários para as matrículas dos alunos dependem da categoria em que o calouro se inscreveu. Em caso de cotas raciais ou econômicas é obrigatório apresentar documentos que provem essas condições.

Candidatos que fizeram o cadastro por renda familiar precisam ter em mãos documentos financeiros, como holerites, contracheques, para que a renda per capita (por cabeça) de 1,5 salários mínimos seja comprovada.

Se você fez a prova em Ampla Concorrência, leve no dia da matrícula os documentos originais e também as cópias dos seguintes documentos:

  • CPF,
  • Cédula de Identidade (RG),
  • Certidão de quitação eleitoral (para maiores de 18 anos), disponível aqui,
  • Comprovante de quitação militar (para homens maiores de 18 anos),
  • Histórico Escolar do Ensino Médio,
  • Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou Diploma de Conclusão do Ensino Técnico integrado ao Médio,
  • Comprovante de residência (água, luz ou telefone),
  • 1 foto 3 x 4 recente e de frente,
  • Declaração de que não possui vínculo com outra Instituição Pública de Ensino, que é parte integrante do Cadastro Acadêmico de Calouro (COC) e que deverá ser devidamente preenchido,
  • Cadastro acadêmico do calouro (COC), que deverá ser preenchido on-line e impresso, e estará disponível na página eletrônica.

Matrícula nas disciplinas

Além de se matricular na faculdade, o futuro aluno também precisa criar sua grade de disciplinas obrigatórias que irá estudar durante o ano. Para isso, após sua homologação de ingresso, o calouro deve procurar a faculdade para receber os horários das atividades para o período letivo.

A matrícula inicial é automática e realizada pela faculdade ao qual o curso está vinculado, sendo que nos outros períodos letivos, a matrícula precisa ser feita diretamente no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA). Por isso, não perca os prazos do Calendário Acadêmico.

SIGAA te auxilia dentro da UFPA

Após fazer sua matrícula, faça sua efetivação no SIGAA. Esse sistema te ajuda a emitir histórico escolar, comprovante de matrícula, verifica a sua integralização curricular, acompanha os fóruns de discussão da turma, entre outras funcionalidades.

Para fazer o cadastro, tenha em mãos o número da matrícula, que está presente no comprovante. Em seguida, acesse o link e clique em “Cadastre-se” para preencher os dados corretamente.

cadastro sigaa

Lembrando que os calouros do Sisu devem utilizar o mesmo número de inscrição que foi obtido no ENEM, enquanto que para os calouros do Processo Seletivo da UFPA será usado o número gerado pelo CEPS.

Sobre a UFPA para 2020

Para 2020, a Universidade Federal do Paraná terá mais de 7 mil vagas, sendo 3,4 mil vagas disputadas em ampla concorrência, e 3,5 mil ofertadas pelo sistema de cotas da instituição.

As regras para 2020 continuam as mesmas do ano passado. Ao se inscrever, o participante terá que escolher para qual turma deseja se candidatar e irá concorrer às vagas apenas para a turma escolhida.

Para 2020, existe uma repescagem para os cursos de dupla entrada, cuja única diferença entre as turmas é o período de ingresso, no primeiro e no segundo semestre, dando mais opções aos candidatos.

Patrícia Fischer

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content